Conheça 6 erros cometidos com frequência por novos empreendedores

A cada dia, uma média de 5 mil empresas são criadas no Brasil. Entre esses novos negócios, segundo um levantamento do Sebrae–SP, 39% dos empresários abriram as portas sem saber de quanto dinheiro precisavam para seu capital de giro, e mais da metade (55%) deles não fizeram um plano de negócios antes de abrirem seus empreendimentos!

A falta de experiência se torna um problema para os novos empresários, pois é no início do negócio que são formadas as bases da empresa, como ela funcionará, qual é o local ideal para abrir as portas, quais serão os clientes e os concorrentes, etc. Além da falta de planejamento, vários empresários iniciantes cometem erros bastante comuns, que se fossem evitados, poderiam transformar a história dessas empresas para melhor.

Confira quais são os erros mais cometidos entre os novos empreendedores, e o que você pode fazer para evitá-los e ter sucesso! Acompanhe:

Não investir em planejamento

Um dos maiores erros entre os novos empresários é não dedicar tempo para planejar seu negócio. Na hora de projetar a empresa, o empresário não deve estar somente focado na ideia do negócio, mas nas necessidades de seus clientes e no que seus concorrentes podem oferecer. Ter apenas uma boa ideia não é o suficiente, essa ideia também tem que ser viável na prática.

Ter um bom planejamento estratégico e financeiro antes de iniciar o negócio também é fundamental! Uma empresa, para ser saudável, não pode depender de erros e acertos, pois um cálculo errado pode causar um grande prejuízo financeiro. Sem planejamento é possível que, ao criar uma promoção, o empresário venda todo o seu estoque e no final ainda fique no vermelho!

Não saber definir o preço certo

Estabelecer o preço certo também é fundamental para ter um negócio viável. Se o preço do seu produto for alto demais, ele perderá a competitividade no mercado; se o preço for baixo demais, você pode não ter a margem de lucro ideal ou simplesmente não ter lucro! Então, antes de precificar seu produto, pegue um papel e faça um planejamento. Não se esqueça também de comparar seu preço final com o dos concorrentes!

Deixar de buscar conhecimento

Um empreendedor iniciante com pouca experiência ou conhecimento limitado sobre o mercado que ele vai entrar precisa buscar outras fontes de conhecimento para formar sua empresa. Hoje existem vários cursos disponíveis, alguns até grátis, que visam capacitar os novos empresários a gerenciarem seu próprio negócio. É importante também buscar conselhos com quem tem mais conhecimento que você, seja com mentores, empresários mais experientes, Contadores Empreendedores, entre outros.

Não dominar as técnicas de gestão

Muitos empresários abrem o seu negócio sem ter conhecimento básico em gestão de empresas e conseguem ter sucesso depois de algum tempo. No entanto, é indicado que, pelo menos, um dos sócios domine algumas técnicas de gestão, como o gerenciamento de estoque, gestão de fluxo de caixa e entendam de finanças. Saber calcular alguns indicadores como o ponto de equilíbrio e margem de lucro é essencial para ter uma gestão sólida.

Não buscar os melhores fornecedores

Buscar bons fornecedores e parceiros também é fundamental para que a empresa se desenvolva, cresça e se potencialize. O empresário deve conhecer a fundo o seu fornecedor, se ele é comprometido, se entrega pontualmente, se seus produtos são duráveis e de qualidade, entre outras características. Também não se pode depender apenas de um fornecedor! É preciso buscar os melhores parceiros, que irão garantir a qualidade e continuidade da sua empresa. Principalmente os serviços de contabilidade, pois o Contador será o braço direito do pequeno empresário em suas demandas iniciais.

Subestimar o plano de negócios

Elaborar um plano de negócios eficiente é útil para nortear o caminho do novo empresário. Um plano bem-feito antes de começar a empresa irá manter todos os integrantes focados nos objetivos iniciais do empreendimento e fazer com que metas sejam cumpridas. Sem um plano, os empresários acabam deixando de lado muitas coisas que poderiam ser úteis para o negócio.

Então, não deixe de gastar um bom tempo planejando o seu negócio e investindo em ter mais conhecimento. Deixando esses erros da lista de lado, e tendo essas características bem consolidadas, a chance que seu negócio tem de ter sucesso é muito maior!

E você, quais erros vocês acham que são os mais graves entre esses listados? Conte para a gente suas dúvidas e experiências através do nosso formulário de contato!

Fonte: Departamento de Relacionamento da Soluzione Assessoria e Consultoria Contábil