Como aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia

Quer aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia? Veja nossas dicas! 

A gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia é um passo importante para manter a sustentabilidade do negócio. Quando os recursos são bem administrados, o empresário tem possibilidade de investir melhor e conseguir condições ideais de crescimento.

Exatamente por isso, no artigo de hoje, preparamos 6 dicas para aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia e solidificar ainda mais o empreendimento. Confira!

Separar contas pessoais e as da clínica

A primeira dica para aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia é óbvia, mas deixada de lado por muitos gestores. Microempresários e profissionais autônomos têm grande dificuldade em separar receitas e despesas pessoais do fluxo financeiro da clínica, porém, isso é essencial para ter controle sobre o dinheiro.

Qual a lucratividade real da clínica? Qual o resultado dos investimentos? Se você não consegue responder a essas perguntas, pode ser um indício de confusão entre as finanças pessoais e os recursos do negócio. Para aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia e controlar melhor os gastos, antes de qualquer coisa, coloque em prática a separação das contas.

Adotar medidas de redução de custo

Vivemos uma crise econômica que não tem previsão para acabar, por isso, as empresas devem se desdobrar para se manter competitivas no mercado, e isso passa pela redução de custos. A gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia deve priorizar essa prática para ser mais eficiente.

Isso porque, quanto maior for a economia de recursos na atividade, mais poder de fogo o gestor terá para investir em seu próprio negócio, aumentando as possibilidades de sucesso.

A redução de impostos incidentes na atividade, por exemplo, é realizada a partir de práticas legais que contribuem para diminuir os custos de uma clínica de fonoaudiologia. Essa estratégia é chamada de planejamento tributário, e só um profissional capacitado consegue realizá-la de modo eficiente.

A terceirização de processos secundários também é uma medida de redução de custos. Existem processos realizados na clínica que não dizem respeito à atividade-fim da empresa, como limpeza e atendimento, que podem ser realizados por meio de terceirização. Essa escolha estratégica reduz custos operacionais e administrativos, sem diminuir a qualidade na prestação dos serviços contratados. Em suma, têm melhor custo-benefício.

Saber cobrar pelos serviços

Uma deficiência comum dos profissionais que não se capacitam em disciplinas de gestão é não saber cobrar pelos serviços. Para aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia, porém, é preciso saber precificar, e existem inúmeras fórmulas financeiras que contribuem para isso. Dentre as premissas básicas, destacam-se:

  • Procure saber a variação de preço no mercado de fonoaudiologia, desde os mais baixos até os mais altos.
  • Não inclua os preços aviltantes, valores muito abaixo do mercado, que desvalorizam a profissão;
  • Tenha em mente seu público-alvo;
  • Considere, se houver, tabelas de referência dos órgãos de classe;
  • Considere os gastos fixos mensais: remuneração dos profissionais, aluguel, energia elétrica, água, internet, IPTU, pró-labore e outros.
  • Considere os gastos variáveis: equipamentos, materiais de consumo e de escritório, imposto de renda e outros que variam mensalmente.
  • Estime uma margem de lucro (diferença entre receita e despesa);
  • Considere o tempo de trabalho.

Todos esses fatores influenciam no preço praticado pela clínica, e é muito importante que o empresário os considere. Caso contrário, trabalhará por um preço de custo e não conseguirá crescer profissionalmente.

Controlar o fluxo de caixa

Fluxo de caixa é uma ferramenta por meio da qual o gestor registra todas as operações financeiras da clínica: contas a pagar e a receber, despesas com pessoal e com material, etc. É uma ferramenta simples e eficiente, feita por meio de um sistema de gestão ou de uma mera planilha do Excel, que contribui para analisar detalhadamente cada receita e despesa de um determinado período de tempo.

A gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia passa pelo controle do fluxo de caixa. Por meio dele, é possível saber os maiores custos e os procedimentos mais rentáveis, de forma que o administrador pode realizar um planejamento, visto que consegue compreender os fatores que influenciam na saúde financeira da clínica.

É o fluxo de caixa que subsidia o empresário com dados fiéis sobre as finanças, possibilitando a projeção de receitas e despesas. Com as informações em mãos, as melhores decisões podem ser tomadas, e para ter um bom controle do fluxo de caixa, você precisa:

  • Definir um período de abrangência do fluxo (de preferência, diário ou semanal para ter maior controle);
  • Atualizar constantemente as transações financeiras;
  • Ter o mínimo de conhecimento de gestão financeira para interpretar os dados.

Ter um sistema de gestão

Controlar e interpretar o fluxo de informações financeiras demanda conhecimento e tempo. Porém, os empresários devem procurar formas de otimizar seu tempo e sua produtividade, principalmente porque a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia toma bastante tempo.

Muitos conseguem realizar uma gestão eficiente apenas com planilhas, aplicativos, plataformas e documentos. De fato, isso é possível, principalmente em negócios menores, porém, a agilidade que um sistema de gestão proporciona na administração pode cair no seu gosto.

Um sistema de gestão (sistemas ERP) melhora a visibilidade de todos os fluxos dentro da clínica, desde a entrada e saída de materiais até o pagamento dos profissionais. Em suma, aumenta o controle sobre todos os processos, o que contribui para diminuir erros. Com as informações mais organizadas, o gestor pode tomar decisões mais fundamentadas.

Contratar uma assessoria contábil para auxiliar na gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia

Boa parte das clínicas de saúde é criada pelos profissionais da área. Os bacharelados mais comuns nem sequer possuem disciplinas de gestão, quanto mais financeira, e o resultado é certo: no mercado, existem bons profissionais dentro da sua atuação, mas que não possuem conhecimento sobre como administrar uma clínica.

Dada à ausência de perícia no assunto, uma boa forma de aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia é contratar uma assessoria contábil. Apesar de muitos gestores alegarem contenção de gastos ou de falta de recursos, devem ter em mente que a ausência de uma empresa de contabilidade especializada em contabilidade para clínicas médicas pode ter o efeito reverso.

Pagamento de tributos indevidos, escolha de regime tributário inadequado, dificuldade na gestão do fluxo de caixa e na confecção de um planejamento financeiro são consequências de não contar com a assessoria de uma empresa contábil especializada em clínicas de saúde. Essas consequências podem levar um negócio à falência, certamente.

Se você deseja aprimorar a gestão financeira de uma clínica de fonoaudiologia, entre em contato conosco. O apoio de especialistas em gestão contábil e financeira contribuirá para que seu negócio seja um verdadeiro sucesso em todos os sentidos. Somos especialistas em gestão, contabilidade, planejamento financeiro e tributário, legalização, abertura e encerramento de clínicas de fisioterapia.