abertura de empresa para advogados

Como abrir um escritório de advocacia na sua cidade

O desejo de abrir um escritório de advocacia pode ser grande, principalmente para aqueles que estão começando agora no mercado.

Fato é que todo empreendedor possui certa “veia visionária”, e obviamente, quem deseja se destacar no mercado no ramo de advocacia, naturalmente precisa ter habilidades específicas e um olhar todo diferenciado.

E apesar da profissão de advogado ser uma das mais antigas, Leis, Normas e Regras Gerais mudam sempre, quase que anualmente. E é pensando em tudo isso, que devemos destacar aqui, a real necessidade em você, aprender a empreender no ramo jurídico, de forma a saber e entender como superar os desafios, vencer as crises econômicas, se fortalecendo cada vez mais no mercado advocatício!

Portanto, veja quais são os passos para se abrir um escritório de advocacia e saiba como começar ainda hoje, o seu negócio. Vamos lá!

Tudo começa pelo plano de negócios para escritório de advocacia…

São muitos os escritórios de direito que desenvolvem um negócio concreto, no entanto, se faz necessário realizar um plano de negócio na área do direito, antes mesmo de começar a atuar no ramo.

Quanto mais competitivo e bem-sucedido você quiser ser, mais detalhado terá de ser o seu plano de negócios, para que efetivamente tudo possa dar certo.

Somente por meio de um plano de negócios estratégico será possível conhecer melhor as necessidades do empreendimento, do mercado e tendo as condições reais de desenvolvimento e crescimento merecidas.

E por onde começar ou o que colocar nesse plano de negócios?

Missão do escritório de advocacia – a definição da missão é um dos primeiros e grandes passos para abrir um escritório de advocacia. Aqui são definidos alguns pontos:

  • Tipo do público atendido.
  • Serviços prestados.
  • Poder aquisitivo.
  • Interesses do público.

Logo após isso, deve ser referenciado outros dados, como:

Definição do ramo jurídico

Essa definição é essencial. A pergunta aqui, cabe o seguinte:

  • Com qual tipo de escritório você deseja tratar?
  • Pretende ser um escritório especialista?
  • Prefere um com formato generalista?
  • Ou um escritório em formato de boutique?

Todas essas informações são importantes para compreender quem são seus potenciais clientes e quais as melhores maneiras que existem para trabalhar.

Além disso, é preciso entender outras questões, como:

  • Qualidade a ser entregue – como e de que maneira você atenderá seus clientes, quais serão seus diferenciais competitivos?
  • Soluções que seu escritório poderá entregar: quais são elas, como você as distribui e como será esse atendimento: presencial, online?
  • Tipo de suporte: chamada de vídeo, telefone, entregas por motoboy, encontro com cliente?
  • Marketing: online ou offline?
  • De qual forma conquistará a atenção de seus clientes? Como trará visibilidade dos seus serviços e daquilo que possui de melhor em sua expertise?
  • Como será o tipo de local a desenvolver suas atividades, para oferecer seus serviços? Tamanho, tipo de bairro, estrutura e etc?

Foi a época em que o advogado precisava se preocupar apenas com pequenas “coisas”, detalhes pequenos, hoje, com a concorrência de mercado no ramo advocatício, e com todas as necessidades de diferenciais, se faz necessário ir além, ou seja, ter um planejamento de negócios é sim um dos primeiros e grandes passos para grandes resultados como advogado!

Por isso, todas essas questões são de grande importância.

Avaliar todos os recursos a serem investido é essencial, além de ter um amparo de contabilidade experiente no ramo jurídico, para poder ser bem acompanhado em todos os processos, já que as tributações e formatos de Regras, Normas e Leis mudam muito e são de acordo com o tamanho do negócio.

Por exemplo, alguns advogados nem sabem ou nem sequer têm noção do quanto precisarão investir de verdade para começar a funcionar como escritório de advocacia.

Então a pergunta aqui é:

  • Você por acaso sabe, quais são os recursos necessários para desenvolver o seu negócio?

Entender o montante a ser investido de acordo com cada tipo de formato de escritório de direito, é fundamental. Às vezes, é mais fácil começar o escritório com um sócio, do que sozinho ou em formato de pessoa física, pois a tributação em caso de ser PF, é sempre muito maior, do que com um escritório em formato PJ.

Outras definições de importância na hora de abrir um escritório de advocacia

Outras respostas devem ser dadas e considerações feitas, na hora de abrir seu escritório, como:

  • Quais são as ferramentas necessárias para atuar como advogado e como escritório de advocacia? Hoje a demanda tecnológica anda em conjunto com as necessidades de aumento de produtividade, por isso, é sempre legal entender bem de alguns softwares e opções tecnológicas.
  • Outras questões também não podem ser deixadas de lado, como: Fluxo de caixa do escritório de advocacia, previsibilidade, planejamento tributário para o escritório de advocacia, entre outros.

É bom definir também quais tipos de fornecimentos, materiais, apoios e recursos precisará ter. Tudo deve ser considerado, desde um software jurídico, até local para armazenamento de documentos, empresa de digitalização de processos e documentos, dentre muitas outras demandas.

Concorrência no mercado jurídico

abertura de empresa para advogados

Concorrência sempre existiu e sempre irá existir e isso não é um problema, quando se tem um bom atendimento e resultados de sucesso!

Quanto mais informações puder ter do seu mercado e de como atua a sua concorrência, mais capacitado você estará tendo condições de evoluir e prosperar!

Legalização do escritório de advocacia: o que é preciso?

 Para funcionar como escritório de direito, você precisará de alguns documentos e ações, como:

  • Regularização na OAB:

Obviamente será primordial. Portanto, é necessário ser credenciado à OAB, consultando o órgão em seu estado para verificar quais são as regulamentações e normas a serem seguidas. Essa regularização precisa estar ativa e atualizada para fins de habilitação do serviço advocatício. 

  • Nome do escritório do Direito

Antes de simplesmente abrir escritório de direito, é preciso verificar se o nome desejado está disponível para ser usado, nesse caso é preciso consultar no INPI e depois ir até a Junta Comercial para enquadrar o negócio, conforme o perfil da empresa a ser registrada!

  • Ter um CNPJ

Para a retirada do CNPJ que é o registro do escritório de advocacia, você precisa entrar em contato com a Secretaria da Receita Federal.

Além disso, outros documentos são importantes e essenciais para atuar no mercado, alguns destes são:

  • Alvará de funcionamento que deve ser emitido pela Prefeitura da sua cidade em questão.
  • Cadastro dos funcionários junto a Previdência Social.
  • Autorização de funcionamento emitido pelo Corpo de Bombeiros.
  • Cadastro no sistema de conectividade social da Caixa Econômica.
  • Registro do Contrato social na OAB – com todas as definições do empreendimento.
  • Entre outros documentos que às vezes se fazem necessários, a depender da região.

Lembrando de pode abrir uma sociedade simples ou uma sociedade unipessoal de advocacia.

VEJA COMO CONSEGUIR TUDO ISSO AGORA AQUI!

E como ter sucesso com um escritório de advocacia?

 Bem, são muitas as questões burocráticas que sempre precisam ser analisadas e validadas, e sem sombra de dúvida que se faz importante ter a assistência de um escritório de contabilidade e de especialistas na área financeira, afinal de contas, não dá para se virar nos 30 e acabar prejudicando o próprio negócio por não ter condições, nem tempo suficiente para conseguir analisar e validar os processos, além de que manter um relacionamento do acordado com os clientes, requer sempre muita dedicação do profissional do Direito.

E é por este motivo que delegar se torna tão importante! E delegar a parte burocrática e financeira só faz com que você tenha todo o auxílio necessário para expandir e lucrar ainda mais!

Por isso, siga essas outras orientações de nossa escola para empreendedores!

Estratégias excepcionais para o escritório de advocacia!

Outros pontos se fazem necessários, como definir bem as estratégias para atuação como escritório de advocacia.

Nesse sentido é preciso pensar:

  • Como conquistar novos clientes todos os meses, de modo a sempre ter demanda na área jurídica.
  • Quais serão as parcerias que seu escritório desenvolverá com os demais profissionais?
  • Como seu escritório desenvolverá apoios de destaque para o mercado e público-alvo? Palestras, jornais, revistas, sites?

 Todos esses levantamentos também devem estar escritos no plano de negócios.

Plano de marketing para escritório de advocacia

Hoje, muito bem se sabe sobre a importância de ter um marketing digital para escritórios de advocacia, mas até onde você entende sobre isso e/ou sabe atuar com essa forma de publicidade permitida para a área do Direito?

Por isso, ter um plano de marketing bem norteado, será essencial para o destaque da sua marca e do seu escritório.

Consultoria contábil e financeira para escritório de advocacia

Existe sim uma importância muito grande de ter uma consultoria contábil para escritório de advocacia. Isso porque somente através de uma assessoria contábil especializada, se é possível conseguir os seguintes benefícios:

  1. Maior credibilidade financeira nos negócios e diante o mercado.
  2. Atualização de planos econômicos e financeiros, adequados à sua realidade.
  3. Maior equilíbrio entre despesas e receitas.
  4. Minimização das inadimplências.
  5. Desenvolvimento de estratégias mais direcionadas.
  6. Melhor posicionamento do sistema tributário, de acordo com o perfil e tamanho de seu escritório, em conformidade com as brechas, Leis e possibilidades fiscais.
  7. Minimização de taxas sobre os impostos.
  8. Relatórios financeiros que direcionam e apontam melhores formas de trabalho.
  9. Envios de notas fiscais.
  10. Análises profundas sobre tomadas de decisões que repercutem positivamente sobre o lucro e desempenho do escritório.
  11. Facilidade de acesso às linhas de crédito.
  12. Relatórios sobre lucros, prejuízos, patrimônios e etc.
  13. Entre outros. 

E então, está animado para começar a fornecer seus serviços no ramo advocatício? Venha conversar com um especialista e receber todo amparo necessário para alcançar ganhos e lucros reais em seu mercado!

NÓS PODEMOS TE AJUDAR COM TODA CERTEZA, pois somos a maior escola de empreendedorismo e possuímos serviços de contabilidade e financeiros que cabem no seu bolso, e que claro, te ajudarão com toda certeza a CRESCER E PROSPERAR!

Vamos lá! Entre em contato agora mesmo!