4 Dicas sobre a Abertura de Consultório Odontológico

                                                                                                                                         TEMPO DE LEITURA: 3 MIN.

Você que sonha em ter sua própria clínica, pode sofrer ainda mais quando o assunto é sobre abertura de um consultório odontológico. Esse é o seu caso?

Se sua resposta foi sim, saiba que este é realmente o maior desafio: Montar uma clínica odontológica, sem a necessidade de pagar impostos e tributos exagerados.

E pensando nisso, a Soluzione Contábil elaborou 4 dicas simples para você ter facilidade em abrir sua empresa e alcançar o sucesso!

Vamos dar uma olhada?

  1. Escolha a Tributação para sua Clínica Odontológica

Antes de começar a pensar em como abrir seu consultório odontológico, você deve se fazer a seguinte pergunta: Vou atuar como física ou pessoa jurídica?

Sobre isso, há diferenças: Na pessoa física, você pode deduzir algumas despesas práticas, como instalações ou aluguéis em seu carnê leão. Porém, também estará sujeito a tributação de até 27,5% de imposto de renda. Além disso, se você procura trabalhar de forma autônoma, esse procedimento é obrigatório.

Já na pessoa jurídica, você precisará decidir sobre o tipo de abertura de empresa. Entre as naturezas jurídicas, vamos listar uma das opções mais usadas:

  • EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada);
  • Sociedade Empresária Limitada;
  • Sociedade Simples Limitada;
  • Sociedade Simples Pura.

Além disso, outro fator essencial que precisará escolher é sobre o regime de tributação, entre eles, temos:

  • Lucro Real: É uma forma de tributação calculada através do lucro  da sua empresa.
  • Lucro Presumido: Tipo de tributação baseado em uma presunção do seu lucro. Os impostos cobrados são: O o PIS, CONFINS, Imposto de Renda e Contribuição Social.
  • Simples Nacional: Se trata da unificação e simplificação de todos os impostos. Impostos Federais, Imposto Estaduais e Municipais.

Quer saber mais sobre tudo isso? Confira este post: Tributação para Dentistas e Clínicas Odontológicas

  1. Saiba sobre a Legislação para a Abertura da Clínica

A vivência com as leis já faz parte da rotina de muitos empreendedores brasileiros. Lidar com a legislação sem um bom contador ou uma consultoria especializada, na maioria das vezes, é a causa de quebra de inúmeras empresas, principalmente dos novos empreendimentos.

Assim, se você procura explorar as informações sobre o que é necessário para abrir seu consultório odontológico, nesse post, separamos informações que certamente vão te ajudar:

Contrato Social: Se você quer atuar como pessoa jurídica, um dos documentos mais importantes é o Contrato Social. A partir dele, você delimita suas obrigações perante seus colegas sócios e sua empresa.

Alvará de Licença/ Vigilância Sanitária: Para todas as clínicas e consultórios odontológicos, é necessário o uso deste documento. Dado pela prefeitura, o Alvará de Licença te concede o direito de fazer suas atividades em seu espaço físico.

CNES (Cadastro Nacional Estabelecimento de Saúde): O CNES é essencial para todos os consultórios odontológicos no Brasil. Ele é um cadastro que registra toda base de dados do todo seu negócio, como sua localização, recursos e instalações, entre outros.

Alvará de Funcionamento: Esse documento essencial diz que você pode se estabelecer e funcionar normalmente em seu espaço físico.

Conselho Regional de Odontologia (CRO): É necessário o cadastramento da pessoa jurídica no CRO de cada estado. Isso habilita a pessoa jurídica ao seu funcionamento. Normalmente, será necessário a realização prévia do cadastro antes de enviar aos outros órgãos de registro.

  1. Passo a Passo para a Abertura do Consultório Odontológico

Agora que já foi decidido sobre sua natureza jurídica e tributária, e também sabe sobre a maioria dos documentos, finalmente está na hora de definir o local para seu montar consultório. Primeiro de tudo, é necessário passar por uma avaliação em sua prefeitura para verificar se o local está disponível para a abertura de sua empresa.

Após isso, terá que estruturar o seu Contrato Social, como citado acima. Ele definirá sua missão e objeto social para sua empresa, além de também determinar qual será seu modelo de tributação estabelecido.

Não se esqueça que também é preciso se registrar numa Junta comercial ou Cartório. Dessa maneira, será possível realizar a abertura do seu novo CNPJ, que por sua vez, também vai precisar ser cadastrado em sua prefeitura local.

O que Não Pode Faltar para Você Abrir sua Clínica

Sabemos que é imprescindível o registro em alguns órgãos de controle, como Cadastro Estadual de Vigilância Sanitária, CNES, além de outras licenças mais específicas do ramo odontológico.

Mas para facilitar todo esse procedimento e fazer com que eles possam ser sanados com facilidade, nós podemos ajudar você a conseguir ter a sonhada abertura do seu consultório.

Além de prestarmos assessoria para todo o Brasil na área odontológica, também fazemos a abertura da sua empresa  e cuidamos da gestão da contabilidade e financeira, pontos extremamente indispensáveis para uma empresa de sucesso. Vamos entender por que isso é importante:

  1. A Contabilidade e a Gestão da Clínica

Se você quer montar uma clínica odontológica, certamente alguma vez já recebeu o questionamento sobre como gerir a parte contábil e financeira da empresa. Isso porque é fundamental um empreendedor ter o conhecimento geral sobre os departamentos do negócio.

Mas sabemos que não é bem assim que funciona. Cumprir esse desafio, pode ser mais difícil quando se tem necessidade de investimentos, contas e despesas, além de estratégias que precisam ser colocadas em prática diariamente.

Por isso, ter um contador para decidir junto a ele sobre as ações que serão tomadas na empresa é fundamental.

Uma das exigências de se ter um contador, é que ele não deixará você ter a alta carga tributária – comum em novos empreendimentos – pois fará bom uso da contabilidade detalhada, conforme sua ampla visão sobre as tributações e legislação brasileira.

Uma vez contratado um serviço especializado em contabilidade na área da saúde, você terá uma garantia que poderá administrar suas contas, despesas, além de também maximizar seus lucros e colocar suas estratégias em prática!

BÔNUS: O Poder da Gestão Financeira em seu Consultório Odontológico

A Gestão Financeira é algo que fazemos apenas no planejamento inicial da nossa empresa, certo? Não necessariamente. Ter procedimentos, análises e controles diariamente, é importante para que você possa gerir, de forma sustentável, suas estratégias e ações futuras.

Por essa razão, a primeira coisa que a gente sugere que você faça, é ter um planejamento contínuo. Atualmente, há diversas ferramentas que viabilizam o planejamento, como o fluxo de caixa, uma ferramenta útil para analisar suas condições de pagamentos e recebimentos futuros.

Outra forma para alavancar sua Gestão Financeira  é ter capital de giro . Seu uso é primordial, pois se consiste em todo recurso financeiro que você precisa ter reservado, para que não aconteça contingências que impeçam seu crescimento, principalmente no início da sua clínica ou consultório.

Mas é claro, apenas um contador ou um serviço contábil poderá definir com precisão quais ferramentas e estratégias que seu consultório odontológico irá precisar para atingir novos patamares!

Esperamos que essas dicas tenham mostrado os passos mais simples para você montar seu consultório odontológico! Mas, para que suas dúvidas sejam absolutamente sanadas, não deixe de entrar em contato conosco. Conte com a Soluzione Contábil  e não atrase seus planos.