4 dicas para o empreendedor ter sucesso na abertura de sua empresa

Criar uma empresa é o sonho de grande parte dos brasileiros. No entanto, nem todos conseguem colocar o plano em ação. Na maioria dos casos, obstáculos como a burocracia de abertura e a falta de capital acabam minando o desejo de se tornar dono do próprio negócio. Acontece que, uma vez superadas todas essas etapas, será que os problemas acabaram? De forma alguma. Agora, novas responsabilidades aguardam o empreendedor, e é seu dever atender a todas elas.

De acordo com o Sebrae, uma em cada quatro empresas fecham as portas antes mesmo de completarem o primeiro ano de existência. Começar um negócio sem ter o plano de ação em mente pode ser o início do fim, portanto, é fundamental embarcar nessa jornada tendo em vista as suas primeiras necessidades. Nesse post, você vai aprender 4 dicas fundamentais para todo empreendedor que está começando um novo negócio! Vamos nessa?

Planejamento estratégico: Saiba exatamente para onde está indo

Nenhuma empresa consegue ter sucesso sem ter um planejamento sólido, principalmente nas suas fases iniciais. Nesse plano, o empreendedor precisa definir quais são os seus objetivos, compreender suas fraquezas e forças, e, acima de tudo, estabelecer um plano de ação, que envolverá todas as tarefas que deverão ser concluídas no curto, médio e longo prazo. Quando isso não é feito, o gestor acaba adotando uma postura reativa, sem conseguir tomar as rédeas do negócio.

Empreendimento sustentável: Eficiência é a chave para a sobrevivência

No primeiro ano, a empresa certamente enfrentará diversas dificuldades orçamentárias. O que o empreendedor deve ter em mente é que, a falta de verba não significa, necessariamente, que o negócio precise entrar numa crise financeira. A utilização racional de recursos definitivamente é a melhor forma para garantir a sobrevivência do seu negócio. Defina um capital de giro para os seus primeiros anos, e não se esqueça de definir um orçamento fixo para cada despesa – inclusive para coisas simples, como material de escritório.

Relação societária: Defina o papel de cada um dos sócios

Escolher bons sócios é o primeiro passo para o bom desempenho da empresa. Lembre-se que o mais importante não é ter afinidade com o parceiro, mas, sim, haver uma complementariedade entre os pontos fortes de cada um. Quer um exemplo? Uma pessoa que tenha amplo know how na área de TI pode assumir a responsabilidade de supervisionar todos os profissionais em uma Startup, enquanto que a outra, especialista em finanças, pode lidar com as contas da empresa. Além disso, no contrato social, deixe bastante claro qual é a função de cada sócio e seu cargo na empresa, para que cada um exerça uma atividade específica.

Profissionais especializados: Otimizando todos os processos

Por fim, é fundamental contar com excelentes profissionais em setores estratégicos da sua empresa, sejam eles contratados ou terceirizados. A área contábil, por exemplo, é crucial para a apresentação de contas para o Fisco, além de fornecer informações valiosas a respeito da saúde financeira do seu empreendimento. Esses serão os seus parceiros para otimizar processos internos e desenvolver toda a linha de planejamento da empresa, ampliando e muito as chances de sucesso.

Pronto para começar a colocar todos esses planos em ação? Comece agora mesmo e domine o seu mercado! Acesse o nosso blog para acompanhar mais dicas!